Publicidade

Indígena da Aldeia Bananal é convocado para a Seleção Brasileira; Ederson visitou a família em Aquidauana

Foto: Reprodução Redes Sociais 


A família do jogador Ederson dos Santos está radiante de orgulho com sua convocação para a Seleção Brasileira. Ederson, que tem origem no povo Terena da aldeia Bananal, no município de Aquidauana, carrega consigo a honra e as tradições de sua comunidade indígena.

Recentemente, em um vídeo emocionante, ele visitou sua família na terra Indígena Taunay Ipegue, destacando uma visita especial à sua vó Albina Cândido, moradora da aldeia Lagoinha. Veja o vídeo;


Conhecida como "Árunoe", a avó abençoou Ederson com um canto tradicional Terena. Durante sua passagem, Ederson também fez questão de visitar outras aldeias importantes, como Limão Verde, Aldeinha, Bananal e Ipegue.

A Carreira de Ederson


Reprodução Redes Sociais 


Ederson, que atua como volante, começou sua trajetória profissional no Desportivo Brasil. Sua habilidade chamou a atenção do Cruzeiro, onde foi um dos destaques em 2019, mesmo com o clube enfrentando o rebaixamento. Sua performance sólida garantiu uma transferência para o Corinthians. No Timão, teve um início promissor, mas acabou perdendo espaço ao longo do Brasileirão.

Para recuperar seu bom futebol, Ederson foi emprestado ao Fortaleza em 2021. No clube cearense, ele brilhou sob o comando de Vojvoda, ajudando a equipe a alcançar a 4ª colocação no Brasileirão e a semifinal da Copa do Brasil. Este desempenho excepcional despertou o interesse de clubes europeus, resultando em sua transferência para a Salernitana, na Itália, e posteriormente para a Atalanta.

Na Atalanta, Ederson encontrou sua melhor forma, especialmente em sua segunda temporada, onde marcou seis gols e ajudou a equipe a ser vice-campeã da Copa da Itália, além de garantir uma vaga na Champions League. Agora, ele se prepara para a final da Europa League contra o Bayer Leverkusen, nesta quarta-feira (22), às 15h.

Primeira Convocação para a Seleção Brasileira

Aos 24 anos, Ederson recebe sua primeira chance na Seleção Brasileira, uma convocação feita pelo técnico Dorival Júnior para a Copa América. Ele se junta a um grupo experiente e tem a oportunidade de mostrar seu talento nos amistosos contra México e Estados Unidos. Ederson é o primeiro jogador do povo Terena a alcançar essa honra, representando uma inspiração e um símbolo de orgulho para sua comunidade.

Em breve, veremos Ederson nos gramados da Copa América, levando consigo as esperanças e a cultura do povo Terena, mostrando para o mundo o talento que emerge das terras indígenas brasileiras.



Por: Francis Leone - Jornal A Princesinha News 

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade